BOA NOITE (PAM GONÇALVES)

segunda-feira, dezembro 04, 2017



Alina sempre foi considerada a " certinha ", aquela filha e aluna exemplar, e isso começa a incomodá-la. Agora ela vai para a faculdade cursar Engenharia da Computação, ficará longe do abrigo da família, e com isso pretende deixar seu lado mais pacato de lado e se soltar mais... já começa pela república escolhida para se hospedar, a república das loucuras. Lá vivem Manu, que é super extrovertida e estuda Comunicação; Talita e seu namorado Bernado que estudam Administração; e o gato Gustavo, proprietário da casa e estuda Medicina. 

As aulas começam e com elas vem novos amigos, festas, bebidas, fofocas e graves e problemas que farão Alina sentir falta do sossego de sua vida antes.


Eu me surpreendi muito, achei personagens muito bem desenvolvidos o que fez com que eu gostasse de todos. A Alina é a típica menina que não conhece muito além do seu mundo, e acaba conquistando e sendo conquistada por essa sua nova " família ". O pessoal da república é bem bacana, a Manu é aquela amigona de todo mundo mas isso acaba sendo uma forma dela guardar uma dor maior; o casal Talita e Bernardo vivem aquela relação cheia de paixão e com atitudes que lendo eu já fiquei em alarme, e isso é o bacana, que desperte mesmo a vontade de falar sobre o que ocorre; Gustavo é gato, sabe que é gato, e, pelo menos eu tive essa impressão, no ínicio te deixa na dúvida sobre o caráter dele.


O foco desse livro é o machismo, impregnado na sociedade de várias formas, e é ótimo uma leitura clara como essa para nos lembrar do que estamos vivendo e como combater isso. Ver a Alina enfrentando fofocas, se enganando com as pessoas, se apaixonando, literalmente vivendo, é muito interessante, ela tem momentos de ingenuidade mas com o decorrer ela vai crescendo e obtendo força. Achei muito coerente ter no livro a citação de um movimento feminista muito legal que é bem conhecido no Brasil (leia que você saberá do que estou falando).

É uma leitura rápida, vai trazer reflexão, vai te deixar com raiva, mas também vai ajudar a lembrar que a luta continua, uma luta por menos mulheres com medo e mais mulheres sendo respeitadas.

Primeiro livro da Pam que eu leio, já quero ler mais, e super indico.

*   *   *

Obrigada pela visita, é muito importante pra mim!

EDITORA: GRUPO EDITORIAL RECORD /  AUTORA: PAM GONÇALVES /  SKOOB: AQUI

Você também pode gostar

0 comentários

Obrigada por deixar amor por aqui <3

Instagram

Translate